cat @ 20:20

Dom, 04/10/09

 Antes de iniciar a  resposta ao primeiro desafio lançado na aula de Projecto de Dissertação, é importante referir que a reflexão feita reflecte a indefinição que ainda há em torno do projecto, e do facto de ainda não ter estabelecido com o meu orientador metas concretas ou discutido os vários caminhos que a dissertação pode seguir. Neste momento, não sabendo ainda quem serão os intervenientes no projecto e as possíveis parcerias, é difícil também situar os meus interesses pessoais num determinado cenário, e materializar um compromisso entre as minhas motivações e as possibilidades comportadas pela proposta. A partir  da próxima 4a feira, quando decorrerá uma reunião com as várias entidades envolvidas, espero que as indefinições diminuam e as certezas cresçam, para poder partir de dados concretos e traçar o meu plano de desenvolvimento de forma mais vinculativa.

A. Porque escolhi esta temática?

A escolha da temática surgiu numa perspectiva de continuidade do trabalho de investigação que estou a levar a cabo no Instituto de Telecomunicações na UA, no projecto C-Cast - http://www.ict-ccast.eu/. Ainda, partindo do enunciado da proposta escolhida - "Design e avaliação das estratégias de interacção a implementar na aplicação para Android C-Cast, identifiquei três vértices principais: interacção, mobile e avaliação de aplicações. Estavam assim abrangidas três áreas sobre as quais tenho interesse.

B. Qual a pergunta de partida da minha investigação?
Neste momento, ainda não abordei a problemática do projecto com o meu orientador com o intuito de começar a delinear a pergunta de partida, pelo que apresentarei propostas provisórias e não validadas.

1.Num contexto móvel e sensitivo, como desenvolver uma experiência de interacção adequada a um consumo de conteúdo social e personalizado?


2.Como é que se repensa o design de aplicações para dispositivos móveis com esta nova variante de contexto social e físico e a novas formas de interagir com a informação?

C. Que título daria, neste momento, à minha investigação?
À semelhança da pergunta de partida, também os títulos são afectados pela mesma indefinição. 1. Mobile Design e Contexto: interacção numa experiência personalizada de consumo.

2. Interagir num ecossistema sensitivo: experiencias de interacção e consumo numa aplicação mobile.

 

D. Neste momento, o que sei que não vou realizar, o que poderei realizar e o que não sei como realizar?

Neste momento é difícil enumerar concretamente o que farei ou não, tendo em conta as circunstâncias já referidas. Ainda assim, pretendia levar a cabo a concepção de uma aplicação para mobile, a correr em Android, em que a base da mesma fosse a informação originada pelo contexto específico do utilizador e o ecossistema social virtual em que o mesmo está inserido, examinando possibilidades de interacção inovadoras e a criação de uma identidade/marca para a aplicação, tendo em conta a necessidade básica de comunicar um produto. Não ponho ainda de parte a possibilidade explorar as potencialidades da realidade aumentada aplicada a contextos de mobilidade. 

Depois de conceptualizada e desenhada a aplicação, pretendo avaliar a mesma, não tendo definido que tipo de avaliação será nem os instrumentos envolvidos, visto que o público-alvo a ser definido para a aplicação e as características da mesma deverão delimitar a metodologia a ser aplicada neste âmbito.  Em todos estes aspectos – conceptualização de aplicações baseadas em contexto, design de interacção, HCI, avaliação – o grande denominador comum é a característica de mobilidade envolvida, sendo que deverei explorar estas áreas tendo em conta esse aspecto e a condicionante da minha falta de conhecimentos aprofundados/focalizados nas disciplinas enumeradas.
Ainda não sei precisar qual o nível de profundidade e fiabilidade terá o protótipo desenvolvido; tendo em conta que não possuo conhecimentos suficientes a nível da programação em Java, pretendo colocar o enfoque na conceptualização e no design de interface da mesma, assim como nas questões de usabilidade inerentes ao projecto, que são também as minhas áreas de interesse.



Mais uma vez reforço a natureza provisória destes dados enumerados. Vou continuar a tentar definir o projecto e a esperar que ele se defina a si próprio, enquanto respira e cresce com todos os inputs que vai recebendo e condicionado por todas as dinâmicas que lhe são inerentes.  O essencial, por agora, é continuar a investir em leituras e pesquisas.

(E vá, prometo compensar-vos com mais dicas e ofertas nos próximos posts!)




moita-m @ 14:58

Ter, 06/10/09

 

ihihi! Sim foste a primeira :) A bonequinha é fofa mas é um bocado coxa e marrequinha, não sei se a voltarei a usar :P

Fico à espera dos teus posts que me compensam com ofertas e dicas!
eheh ;) *

Ou tudo o que vai encaixar numa dissertação de Mestrado em Comunicação Multimédia. Interacção, interfaces, usabilidade, mobile, conteúdo, contexto, coisas-de-interesse-genérico. Ah, e ainda, postcards from Italy.
Pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13

18
20
21
23
24

25
27
30
31


Arquivos
Twitter
    follow me on Twitter
    Mais sobre mim