cat @ 15:19

Seg, 26/10/09

Na passada 6ªfeira eu e o João Silva tivemos mais um encontro de orientação. Em relação à reunião anterior, tinhamos ficado com a sensação que deveriamos procurar mais funcionalidades para a futura "social-context-aware-mobile-application", sendo que os nossos orientadores pretendiam sim que tivessemos antes definido a separação dos nossos caminhos, isto é, em que ponto deveriamos divergir. Do meu ponto de vista, tinha pensado focar-me, teoricamente, em Mobile Context-Awareness, HCI e Design Guidelines (aplicadas ao primeiro conceito) e Usabilidade e Avaliação (aplicada também ao primeiro conceito), devendo estes grandes bolos representarem de certa forma capítulos do meu enquadramento teórico, deixando a parte da investigação "social" para o João. No entanto, esta separação não poderá ser assim estanque, sendo que devo contemplar também a componente social, funcional e audiovisual - simplificando, social mobile TV.

Assim,devo ter em conta as actividades sociais que poderão ocorrer do lado do cliente em torno de conteúdo personalizado, conteúdo esse de cariz audiovisual, que acaba por resultar num canal personalizado - "MyChannel". Do ponto de vista da inovação (que é uma pequena palavrinha que me tem vindo a atormentar), segundo algumas leituras, penso que o aspecto mais promissor estará ligado às potencialidades de previsão de intenções futuras/reasoning da aplicação, destacando a afirmação lida num artigo “Intention modeling is the Holy Grail for context awareness". [link] De referir que ignorei todas as referências feitas a aplicações de Realidade Aumentada e afirmações do género de "Future smartphones will provide information via a live video feed about locations at which the phone is pointed.". :)
 

Neste momento estou a tentar desenhar os objectivos da minha investigação, tal como fui aconselhada, e continuo na leitura e reunião de informações, para poder esboçar o índice.

Para finalizar, seguem então dois livros que considerei pertinentes (para além de extremamente dispendiosos):
Handbook of Research on User Interface Design and Evaluation for Mobile Technology
Context-Aware Mobile and Ubiquitous Computing for Enhanced Usability: Adaptive Technologies and Applications

[interessados: contactem-me/deixem comentário para vos providenciar uma cópia totalmente legal]

Mais novidades para breve, muito breve.
 



Pedro Almeida @ 18:06

Seg, 26/10/09

 

Então e a RA? :-)
Bom, parece-me uma boa síntese e caminho. No entanto, considerar as actividades do lado do cliente implica também a incursão pelo HCI e Design Guidelines e pela avaliação, pois é necessário compreender que funcionalidades sociais do lado do cliente e como se processa a interacção H-C. Claro que não terão estas vertentes a predominância que anteriormente estava prevista.


ruirodrigues @ 12:07

Ter, 27/10/09

 

Coloquei alguns links no blog da Maríia, e talvez estes dois te possam ser úteis, penso eu de que... :P

- http://www.aect.org/edtech/ed1/36.pdf
- http://www.jsu.edu/depart/psychology/People/bitgood/5.1-role_of_attention.pdf

bj*


cat @ 17:22

Ter, 27/10/09

 

@Pedro Almeida
Sim, eu não excluí o estudo da interacção humano-computador nem a importância das design guidelines, só juntei outros elementos que não estava a pensar abordar.

@Rui Rodrigues
Muito obrigada pelas partilhas, mister Rodrigues! De certeza que com essa performance és um "digital native" ;)

Ou tudo o que vai encaixar numa dissertação de Mestrado em Comunicação Multimédia. Interacção, interfaces, usabilidade, mobile, conteúdo, contexto, coisas-de-interesse-genérico. Ah, e ainda, postcards from Italy.
Pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13

18
20
21
23
24

25
27
30
31


Arquivos
Twitter
    follow me on Twitter
    Mais sobre mim